O que sua empresa faria se mais de R$100.000,00 sobrassem anualmente no caixa?

O que sua empresa faria se mais de R$100.000,00 sobrassem anualmente no caixa?

A MATEMÁTICA BÁSICA PROVA QUE PESSOAS NÃO TREINADAS CUSTAM MAIS CARO PARA AS EMPRESAS

 

Algumas empresas têm segurado investimento em pessoas. Muito em função das dúvidas que têm a respeito da “Crise” e dos próximos passos de nossos governantes. E isso é bem compreensível. Ao oposto deste cenário, tomo como exemplo um de nossos clientes que, neste ano de 2017, mesmo também atingido por crise e reduções, investiu cerca de R$300.000,00 em Desenvolvimento Humano em sua empresa. Um cenário atípico para um ano de tantas incertezas e inseguranças, especialmente financeiras. E confesso que muitas empresas de pequeno, médio e grande porte têm nos dado respostas como “Vamos deixar para 2018. Porque este ano as coisas estão incertas.”

Entendo este cenário. E, se o problema é “a grana”, vamos então brincar de matemática? Falo de matemática básica e pessoas, uma mistura que está constantemente sob nossos narizes, mas não vemos. E, sim, estamos perdendo muito dinheiro. Perdendo não. Inocentemente “jogando fora”.

O que sua empresa faria se R$100.805,76 sobrassem anualmente no caixa? Acredito que bastante coisa! Vamos lá! Vou tomar permissão de usar uma analogia – na verdade, uma matemática básica – que aprendi com a Janaina, minha Diretora aqui na Effecta.

Perguntei para a Patrícia, a nossa responsável financeira, quanto custava um Gestor que ganha cerca de R$3.500,00 mês. E ela me ajudou nas contas. Afinal, de Números e Matemática ela entende bem mais que eu!

Vamos supor que um Gerente seu tem um salário de R$3.500,00. Logo, com os impostos e tudo mais, sua empresa tem um custo com ele de, aproximadamente, R$7.000,00 por mês.

E vamos imaginar que este Gerente, o Joãozinho da Silva, tem uma péssima Gestão de Tempo (problema BEM comum nas empresas e nas pessoas em geral).

Logo: R$7.000,00 / 220hr = R$31,82/hr – é isso que ele custa por hora para a empresa.

Todos os dias, ele gasta, pelo menos 2hr se batendo em como se organizar, no que priorizar, em apagar fogo e assim por diante.

22 dias úteis X 2hr = 44hr.

44hr x R$ 31,82 = R$ 1.400,00 x 12 meses = R$16.800,00 (sem contar férias e 13º salário) desperdiçados por falta de habilidade.

Vamos supor, agora, que sua empresa tem 6 Gerentes como esse, com o mesmo problema. Logo, temos R$ 100,805,76/ano.

R$100.805,76, anualmente, que sua empresa coloca no LIXO porque sua equipe de Gestores não sabe gerenciar o tempo e as prioridades.

Um problema bem comum nas organizações e nas pessoas, como disse anteriormente. Não é nenhum bicho de sete cabeças para resolver! Mas é bem dolorido pagar isso todo ano, certo?

Sabe quanto custa treinar estes 6 Gerentes? Aproximadamente, R$20.000,00. Ou seja, apenas 20% daquilo que, sem saber, sua empresa desperdiça anualmente, por uma Habilidade a ser desenvolvida: Gestão de Tempo e Prioridades!

Sem levar em conta outros quesitos, como Gestão de Pessoas, Comunicação etc que, de certa forma, quando em falta, também impactam nos resultados financeiros da empresa, eu pergunto:

Já pensou quanto custa pagar o treinamento do funcionário e ele sair? Já pensou quanto custa não o treinar e ele ficar?

Você tem dúvidas de como organizar o tempo e as pessoas na sua empresa? Estamos aqui para ajudar! É só chamar!

 

Por Ramon Martins – Gestor de Relacionamento