Nesse ano, as mudanças são incríveis dentro da nossa organização; na “firma”, como gostamos de chamar internamente e despojadamente. Completamos três anos! Por conta disso e de toda a percepção e reconhecimento de mercado que temos conquistado, estamos fazendo mudanças.

Entre elas, estas mudanças :

  •  Uma nova marca: para alinhar melhor com o novo momento da empresa;
  •  Um site de cara nova e com nova estrutura: para atender melhor nossos clientes, compartilhando informações e materiais;
  •  Um novo sócio!: uni-me ao Fabiano Goldacker por afinidade, por compartilharmos sonhos e valores e a missão de conquistar resultados extraordinários. Compartilhamos também o comprometimento de contribuir para que nosso coachees alcancem seus objetivos de forma incrivelmente realizadora;
  •  Uma equipe de elite ainda maior: para atender a demanda administrativa e comercial;
  •  Uma nova casa, uma nova sede: nos movimentamos diante de um projeto maravilhoso que agora é um sonho realizado em tempo de alta performance.

Quantas “mudanças”!

Não é por acaso que essa palavra tem sido pronunciada muitas vezes e com uma energia muito positiva dentro da Effecta Coaching.

Em visita a um cliente, quando ouvi a palavra “mudança” sendo usada, percebi a mudança na sua expressão. Nesse momento entendi, ou talvez tenha apenas relembrado, de como a palavra mudança é rejeitada. Às vezes, por medo do que está por vir. Outras por nos sentirmos confortáveis com o que estamos vivendo, mesmo que isso não nos traga realização total.

Então, eu proponho: vamos usar a mudança como evolução, pois é assim que ela deve ser encarada. É por causa dessa forma de ver a nossa “mudança” que a nossa energia está superpositiva durante todos os meses em que estamos envolvidos com ela, desde o planejamento até a execução ou agora no momento para finalizarmos tudo.  Mesmo com tanto trabalho, estamos supermotivados porque entendemos: nossa mudança é uma evolução!

Por mais difícil que pareça, e muitas vezes é muito difícil mesmo, toda mudança deve levar ao desenvolvimento. Mesmo que seja uma mudança com a intenção de recuo, não deixa de ser uma evolução. Afinal, é um ajuste necessário à realidade. Se ela for encarada assim, como um momento para fazer melhor, se você vender essa ideia quando for promover a “evolução” em sua organização e vibrar com ela, todos os membros da sua equipe, ou mesmo sua família, vão querer evoluir juntos! E essa é uma das nossas missões de vida: EVOLUIR!

Então, eu agradeço, eu agradeço, eu agradeço e eu agradeço a todas mudanças que já aconteceram na minha vida! São elas que contribuem  para minha evolução. E sei que continuarão a acontecer porque eu continuo em busca de ser a melhor pessoa que eu posso ser, a melhor profissional que eu posso ser e viver a melhor vida que eu posso viver! Agradeço esse momento, os que passaram e os que virão!

Deixe uma resposta