Um verdadeiro Líder é aquele que transforma a si mesmo e eleva seu time a um patamar de alta performance. E é com foco em líderes e times de alta performance que nós fazemos, há 5 anos, o Liderança Transformacional. São histórias, como a da Carla, que nos mantêm fazendo o que fazemos.

     A Carla Falchetti é Gerente de Locação da Conexão Imobiliária, e lidera uma equipe de 9 pessoas. Como a Conexão já havia feito um trabalho conosco, ofereceu à Carla a oportunidade de participar do Liderança Transformacional 9, em Abril de 2014. Hoje, pouco mais de dois anos depois, ela conta um pouco como foi o treinamento para ela e quais são os resultados.

1.Por que você optou por participar do treinamento? Qual era(m) seu(s) objetivo(s)?

Percebendo a necessidade de mudanças em mim como pessoa, melhorar minhas deficiências, o que eu precisava para poder trabalhar a minha equipe de forma mais equilibrada, entender melhor as pessoas que trabalham comigo e poder administrar diariamente minha vida com mais sucesso.

2.O que o treinamento mudou na sua vida pessoal?

Eu acredito que eu consegui mudanças internas, aumentei minha capacidade de compreensão das ações dos outros e a zona de conforto não faz mais parte do meu mundo.

3.O que mudou na sua vida profissional?

Eu me empenho todos os dias para ser uma pessoa melhor no meu ambiente de trabalho, embora eu note as minhas falhas constantemente, eu reflito muito sobre minhas ações e decisões com a minha equipe e meus líderes. Depois do LT, eu passei a observar e trabalhar meus liderados de forma individual, respeitando cada uma delas por suas qualidades e falhas e sempre estou buscando identificar na minha equipe o que eu posso trabalhar pra desenvolve-las melhor, aumentar a capacidade e conhecimento delas, porque eu entendi de fato no LT que o meu sucesso depende do sucesso delas, que eu não vou conseguir nada sozinha, de que eu preciso da minha equipe trabalhando comigo. Sempre que eu preciso de um norte, de energia ou de inspiração para dar continuidade algum trabalho mais desgastante, hoje eu busco o que eu aprendi, as ferramentas que eu recebi pra ser a melhor profissional que eu posso ser. Então mudou o meu mundo de trabalho. Eu diria que mudou de “perdida no espaço e sem confiança’’ para “rumo ao norte e que eu sou sim a pessoa certa pra tudo isso que eu vivo diariamente.”

4.Você recebeu algum feedback da sua equipe após o treinamento?

Recebi de forma informal. Recebi diariamente nas conversas, observações, colocações, agradecimentos, nas dinâmicas que eu aplico com a equipe, no astral que na maioria das vezes eu tenho a capacidade de manter na ordem necessária para o nosso ambiente de trabalho. Sinto que a minha equipe é feliz. Sinto que eu não sou perfeita, assim como a minha equipe também não é, que todos nós erramos constantemente, mas sinto que elas sabem que podem errar e que eu erro, e que precisam e podem acreditar que vamos aprender e melhorar com os erros pra não cometê-los novamente.

5.Qual a visão que sua equipe tem de você após o treinamento?

O que eu percebo da minha equipe é que elas me entendem, que elas creditam que eu estou aqui dando o meu melhor e que embora eu tenha as minhas falhas, mesmo as que são somente na concepção delas do que é uma falha, hoje, depois de trabalhar o LT e por em prática o que u pude durante esse tempo com elas, eu acredito que elas confiam mais no meu trabalho por elas, pela empresa e por mim.

6.Você obteve resultados tangíveis após o treinamento?

Numericamente não, isso não aconteceu. Eu percebo que atinjo um resultado eficaz cada vez que eu tenho sucesso na harmonia de equipe, comemoração de resultados, quando minha equipe desempenha trabalhos em conjunto ajudando umas às outras trazendo o resultado pela empresa, diariamente no bom humor, na integração delas e no cumprimento da missão dada, missão cumprida. Esse é o nosso lema e isso sempre dá certo, pra mim, essa é a evidência de sucesso.

7.Para você, o que é Liderança e qual a importância disso no âmbito profissional?

Até hoje, se eu parar pra responder o que é liderança é um caminhão de pensamentos. Como líder e também liderada, o que eu vejo de necessidade fundamental é que nos escutem, então eu penso que essa é uma missão fundamental da liderança.

Líder eu entendo como um guia, quem nos dá a direção, nos ensina o caminho e então é alguém que temos que ter admiração, desde que seja feito com fundamentação no respeito.

Eu como líder tenho muito prazer, amor no que faço, eu gosto de pessoas, eu gosto de liderar, eu gosto de guiar e instruir. Gosto de me desenvolver e me deixa insatisfeita a zona de conforto, então eu penso que isso é importante na liderança. Gostar de ser líder é fundamental! Quem não gosta, quem não tem na veia a satisfação de liderar e de trabalhar a si mesmo pra isso, então, não acredito que deva ser um bom líder.

Relacionamento humano é o maior gigante de um líder, um desafio diário que requer muito equilíbrio e isso não é algo que nasce no líder, é algo que nós temos que conhecer, desenvolver, conquistar, aprender, amadurecer e ter a atitude de enfrentar diariamente com nossos liderados. Então, por isso é que eu acredito que quando nós buscamos novas ferramentas pra trabalhar tudo isso em nós mesmos, não tem como dar errado.

Seja você também um Líder Transformacional

Deixe uma resposta